Alimentação para melhorar a imunidade da criança

Alimentação para melhorar a imunidade da criança

Você sabe como organizar uma alimentação para melhorar a imunidade da criança?

A queda das temperaturas parece trazer de brinde diversos problemas de saúde para os pequenos. Você já sabe que vai conviver com um nariz escorrendo e vem a preocupação com as noites em claro diante de dores e tosses intermináveis.

Como mãe, não sei se existe uma situação pior do que a dor dos meus filhos. Vê-los doentes é terrível para mim – acredito que seja assim também com você.

Ainda que seja apenas uma gripe, sabemos que as crianças sofrem. E mais, pode evoluir para quadros de infecções respiratórias, pneumonia, entre outros problemas que levam ao hospital. Traz transtornos para a família e coloca a vida dos pequenos em risco.

Que bom que não precisa ser assim! Muitos problemas de saúde que existem no inverno podem ser evitados com a alimentação.

Ao final deste artigo, você vai saber tudo sobre alimentação para melhorar a imunidade da criança.

Garanta todos os grupos de alimentos

Se o seu filho tem uma alimentação bem completa e está nutrido, é possível que as chances dele ficar doente sejam bem menores.

Ele precisa consumir comida de verdade em todas as refeições. Sempre em quantidades satisfatórias. Já falei sobre o quanto a criança deve comer neste artigo.

Quais são os grupos de alimentos mais importantes? As vitaminas e minerais, geralmente presentes em frutas e verduras, ricos em antioxidantes e antimicrobianos.

Se dá trabalho o preparo? Eu sei que dá. Mas, pense comigo: o que não dá trabalho nessa vida? Preparar uma alimentação para melhorar a imunidade da criança exige esforço, mas acredito que muito menos do que levá-la ao médico a todo momento.

Se você escolhe conquistar a saúde em vez de recuperá-la após perder, continue a leitura.

Prebióticos e probióticos

Quando o seu filho já se alimenta bem, você pode melhorar a imunidade dele ao incluir opções de prebióticos e probióticos.

Os prebióticos são alimentos ricos em fibras dietéticas fermentáveis responsáveis por fortalecer o sistema imune. Alguns exemplos desses alimentos são fibras de aveia, banana, maçã, raiz de chicória, alho-poró, maçã e banana.

Os alimentos prebióticos dão os nutrientes que as bactérias que habitam o intestino precisam para se fortalecer. Essa microbiota intestinal é ainda mais fortalecida pelos alimentos probióticos.

Você certamente já ouviu falar em kefir e kombucha. Esses alimentos estão em alta. Você pode conseguir uma muda de um deles e cultivar em casa por um custo muito baixo.

Bem, esses são exemplos de probióticos, responsáveis por tornar o sistema imunológico ainda mais resistente às doenças. Já falei sobre o assunto neste artigo.

Reduza e evite as guloseimas

Enquanto os alimentos acima compõem a alimentação para melhorar a imunidade da criança, existem aqueles que devem ser evitados. Alimentos processados, açucarados, ricos em caloria vazia, no geral, derrubam as defesas naturais do organismo.

Ao criarem processos inflamatórios, esses alimentos contribuem para que o organismo seja atacado por vírus e bactérias invasores.

Por isso, a alimentação saudável deve ser uma prioridade nessa época mais do que nunca!

Se você nunca pensou no assunto, saiba que nunca é tarde. Consumir comida de verdade pode ser gostoso e prático.

Mesmo que o seu filho faça careta para as verduras e seja muito seletivo nos alimentos que come. Meu Curso Lancheira Saudável também é para a sua família!

Eu ensino como preparar receitas ideais para acompanhar durante o cotidiano escolar, mas também servem para todas as ocasiões. Você também encontra noções básicas de nutrição infantil para oferecer ao seu filho alimentos saborosos e saudáveis.

Conheça agora: Curso Lancheira Saudável.

Eu espero que este artigo seja útil a você.

Com amor.

Andreia Friques.

Fechar Menu