Dicas práticas para a volta às aulas saudável das crianças

Algumas dicas práticas para a volta às aulas pode tornar esse momento muito mais tranquilo para pais e filhos.

Após alguns meses de liberdade, as crianças retornam a um dia a dia onde contam com horários para tudo: levantar da cama, pegar o transporte, fazer tarefas escolares…

Manter a rotina de estudos requer mesmo muita organização. É muito comum que as crianças tenha dificuldades em fazer essa retomada por conta própria. Por isso, os pais devem auxiliar com algumas regrinhas bem básicas. Continue até o final para saber como ajudar seus filhos no retorno às aulas.

Hora para dormir e levantar

Pelo menos uma semana antes do início das aulas, a criança deve voltar a ficar acostumada com os seus horários da rotina escolar. Um dos momentos mais importantes é a hora de dormir e acordar.

Durante as férias, provavelmente as regras para o momento de dormir e acordar são muito mais flexíveis. Para voltar às aulas com tudo, a criança precisa do seu ciclo circadiano regulado com objetivo de manter outras funções.

Material escolar e uniformes

Para evitar estresse, vale a pena organizar os uniformes escolares e o material alguns dias antes. Deixar tudo pronto somente para o momento do retorno às aulas é um grande passo para o primeiro dias ser menos atribulado.

Leia também: O papel da família no tratamento da obesidade infantil

Alimentação balanceada

As férias jamais devem ser sinônimo de liberar geral os alimentos ricos em açúcar e industrializados. Mas, é claro que os pais abrem algumas exceções durante esse período, principalmente em viagens e passeios.

Para ajudar a criança a regularizar o seu ciclo e estar bem para os estudos, oferecer alimentos mais saudáveis com uma semana de antecedência e retirar as opções de doces do cotidiano é o mais recomendado.

O dia a dia de aulas também deve contar com lanches saudáveis. Se cada ano letivo tem 200 dias, a criança consome 200 refeições por ano na escola. Isso não pode ser considerado uma ocasião extra. Faz parte, sim, da rotina.

Uma saída interessante é envolver o seu filho ajudar na organização e no preparo dos lanches que ele vai levar à aula. Explique desde o primeiro dia o quanto é importante que ele se alimente bem no intervalo entre as aulas. É assim que ele vai chegar às melhores notas e construir um bom futuro.

O que levar na lancheira?

São muitas as dúvidas sobre fazer uma lancheira com opções que favoreçam a saúde e o rendimento escolar. Afinal, quais são os melhores alimentos para enviar com a criança?

Para auxiliar as famílias, criei um treinamento on-line onde explico desde receitas, melhores ingredientes, melhores práticas de preparo e embalagens para o envio do lanche escolar.

O Curso Lancheira Saudável traz tudo que papais e mamães precisam saber sobre lanches saudáveis, com receitas simples e práticas que as crianças até podem ajudar a preparar.

Conheça agora: Curso Lancheira Saudável.

Espero que essas dicas práticas para a volta às aulas ajude sua família.

Até a próxima!

Fechar Menu