Lista de supermercado saudável: como fazer?
  • Post author:
  • Post category:Geral
  • Post last modified:22 de janeiro de 2021

Fazer uma lista de supermercado saudável e segura é uma missão que exige plena atenção e também planejamento de quem fica responsável por essa função.

É que o equilíbrio alimentar inicia exatamente nas opções que escolhemos no supermercado e na feira. São essas escolhas que refletem em nosso dia a dia alimentar e, por consequência, na saúde de toda a família.

Preparei algumas dicas práticas para auxiliar essa tarefa tão importante e que é, ao mesmo tempo, corriqueira na vida de todos nós.

Liste tudo o que for preciso

Em primeiro lugar, verifique o que já tem na despensa, na geladeira e no freezer. Muitos itens podem e devem ser aproveitados, sem necessidade de adquirir novos do mesmo.

Assim, é interessante organizar uma lista separada de acordo com os setores do supermercado, o que otimiza o tempo dentro do próprio estabelecimento e evita também aquelas voltas ao longo da semana só para buscar algo esquecido.

Por onde começar?

Ao listar o que é preciso, recomendo iniciar pelos alimentos frescos. Frutas, verduras, ovos, grãos laticínios… Começar pelos itens mais saudáveis fazem que o carrinho fique mais cheio desse tipo de alimento do que dos industrializados.

Prefira as verduras, frutas e legumes da estação. Elas têm maior qualidade nutricional e são mais baratas.

No entanto, deixe os alimentos resfriados por último. De preferência, deixe juntos no carrinho, na parte abaixo das compras, para manterem-se em baixas temperaturas por mais tempo. Especialmente carnes. A depender da distância do supermercado e do tempo de compras, vale a pena ter uma caixa de isopor ou térmica no carro para transportar esses alimentos.

Além disso, jamais esquecer de manter produtos de limpeza sem contato algum com esses itens frescos para evitar contaminação.

Foque na segurança alimentar

Prestar atenção nas datas de validade e estado de conservação da embalagem é essencial para não levar para casa alimentos contaminados.

Assim, é bom ficar de olho em promoções muito atraentes. É comum que sejam realizadas apenas para eliminar tais itens das prateleiras.

Fique de olho nos rótulos

A lista de ingredientes é sempre feita em ordem decrescente, ou seja, os primeiros que aparecem são os que estão em maior quantidade no produto e os últimos em menor quantidade.

Os nomes dos ingredientes devem ser parecidos com o que temos na nossa cozinha, nomes que lembram produtos farmacêuticos geralmente são aditivos químicos (Por exemplo: Benzoato de Sódio INS 210: conservante, Amarelo INS 101: corante, etc).

Levar as crianças junto: sim ou não?

Se deseja incluí-las nessa tarefa doméstica, prefira levá-las à feira onde há menos “guloseimas” à vista. Uma boa alternativa é levá-las às feiras, onde predomina a exposição de alimentos saudáveis.

Por último, mas não menos importante, recomendo que tenha com você sacolas recicláveis. Assim, evita poluir o meio ambiente com as sacolas plásticas, que levam muito tempo para se decompor. Dar esse exemplo às crianças também ajuda na conscientização.

Tenha em mente que ir ao supermercado não deve ser enxergado como um sacrifício, mas  uma oportunidade de cuidar ainda melhor da saúde de nossa família. Se conseguir se organizar, certamente otimizará seu tempo!

Espero que minhas dicas de como fazer uma lista de supermercado saudável ajude em seu cotidiano.