Por qual alimento começar a introdução alimentar?

Por qual alimento começar a introdução alimentar?

Essa dúvida é uma das campeãs entre as mamães no meu consultório. Por qual alimento começar a introdução alimentar?

Conforme chega o momento de oferecer os primeiros alimentos ao bebê, as dúvidas parecem se acumular. Se você também não sabe por qual alimento começar a introdução alimentar, continue até o final deste artigo.

Além de orientar sobre os primeiros alimentos que você pode oferecer ao bebê, vou esclarecer como você oferece e em que período do dia.

Começar com uma fruta é uma boa ideia?

A fruta é um excelente alimento para começar a introdução alimentar complementar. Trata-se de uma opção rica em vitaminas, sais minerais e água. Seu sabor doce tem mais fácil aceitação e conta com pouca caloria.

Sempre recomendo às mamães em meu consultório que iniciem a introdução alimentar complementar com uma porção de fruta pela manhã. Pode ser banana, mamão ou abacate, que são opções mais fáceis de amassar. Se for fruta da época e orgânica, melhor ainda.

Quando o bebê acordar, logo cedo, você pode amamentá-lo à vontade. Espere entre 15 e 30 minutos para oferecer a fruta. Não é preciso forçar a comidinha. Lembre-se que o seu filho está conhecendo o alimento. Esta é uma primeira etapa da alimentação infantil!

Você não precisa liquidificar a fruta. A gengiva é dura o suficiente para morder a fruta picada e, se for o caso, você pode amassar.

Também não é indicado que você misture açúcar ou qualquer substância que altere o sabor dessa fruta. Seu filho precisa conhecer o sabor verdadeiro da comida.

Ofereça frutas diferentes durante as manhãs durante uma semana. Não se preocupe em caso de rejeição. Para o bebê, tudo é novidade! Espere alguns dias e volte a oferecer a mesma fruta.

Além de ser importante para que o pequeno conheça os primeiros sabores, alternar as frutas é fundamental para promover um equilíbrio alimentar. Opções como manga e laranja podem soltar o intestino enquanto goiaba e maçã podem prender, por exemplo.

Tome cuidado apenas com opções como uva e jabuticaba, que exigem maior capacidade de deglutição e mastigação. 

Pode oferecer suco?

Atenção: quando falo em oferecer a fruta, a recomendação é o consumo na forma natural. Quando a fruta vira suco, ela perde completamente o seu valor nutricional e isso é um problema por duas razões.

A primeira é que o bebê perde a oportunidade de conhecer o real sabor da fruta. Afinal, o suco contém apenas a frutose. A segunda razão é que, ao perder as fibras, torna-se menos interessante para a construção do organismo.

Você pode saber mais sobre o assunto neste artigo onde abordo os mitos sobre frutas na introdução alimentar.

Para aprender de maneira completa como iniciar a introdução alimentar complementar, convido você a conhecer meu curso online Bebê Vitaminado. Nele, estão reunidos conteúdos valiosos para formar a saúde da criança em seus primeiros mil dias de vida.

Eu espero que este artigo esclareça a você por qual alimento começar a introdução alimentar de forma saudável e satisfatória para o bebê e para a família.

Com amor.

Andreia Friques

Fechar Menu