Como aumentar a produção do leite materno?

Como aumentar a produção do leite materno?

Aumentar a produção do leite materno costuma ser desafiador para muitas mães. Ao longo do período de amamentação, é comum sentir o leite diminuir. Mas, nada de estresse por esse motivo! Até porque, quanto mais preocupações, mais prejudica a produção de leite.

Por trás da diminuição do leite, muitos fatores podem estar envolvidos. No entanto, antes de bater o desespero, saiba que aumentar a produção do leite é possível com algumas estratégias.

Continue até o final para conferir os principais fatores para produzir leite em quantidade e qualidade certas para o bebê.

Livre demanda

Enquanto o bebê alimenta-se exclusivamente do peito, deixe que ele mame o quanto quiser. Se ele abocanhar a aréola do seio da forma correta, sugando o leite com eficiência, vai ficar bem alimentado e garantir que mais leite seja produzido.

Leia também: Quais os maiores erros durante a introdução alimentar?

Beba muito líquido

Para produzir leite, seu organismo demanda uma grande quantidade de água. Vale a pena manter sempre à mão um copo ou garrafa d’água. Para variar, você pode optar pela água saborizada, sucos e chás naturais.

Evite chás estimulantes, café e refrigerantes. Esses não entram na conta porque devido aos seus componentes acabam roubando a hidratação do corpo.

A quantidade ideal fica entre 3 e 4 litros de água por dia para a mulher que está amamentando.

Nutrientes em dia

Para produzir leite em quantidade e qualidade, a mãe precisa estar nutrida. Sem uma alimentação balanceada, seu corpo não dá conta de manter a produção do leite materno.

É por isso que o acompanhamento do nutricionista materno-infantil durante essa fase é tão importante. Esse é o profissional responsável por recomendar uma dieta personalizada para a mãe e, em muitos casos, conduzir a suplementação de alguns nutrientes.

Peça ajuda e descanse

Se você sente dificuldades em amamentar, saiba que o apoio da família é fundamental. Manter essa rede em sua volta permite que você fique descansada. Entre uma mamada e outra, tenha uma pessoa de confiança para ficar com o bebê e tire uma soneca.

Quanto ao estresse do cotidiano, recomendo que deixe de lado e foque no seu filho. Sim, o estresse atrapalha muito a produção do leite materno! Você vai ter a vida toda para se preocupar com a sua casa, com os e-mails na caixa de entrada e outras questões pontuais.

Priorize dar atenção para o seu filho nessa fase. É assim que você garante a ele o melhor alimento. Esses momentos não voltam e você vai sentir muita saudade. Aproveite!

Amamentar seu filho é o primeiro passo para garantir que ele será saudável por toda a vida! Se por algum motivo você sente que está difícil amamentar, procure a orientação de um nutricionista materno-infantil.

Após o sexto mês, a amamentação pode complementar a alimentação. Por falar nisso, você tem dúvida sobre a introdução alimentar?

Convido a conhecer meu Curso Bebê Vitaminado. Sei que são inúmeras as dúvidas que as mães têm sobre como proceder após o sexto mês. Seu filho está em franco desenvolvimento, precisa de nutrientes, mas o seu estômago ainda é muito pequeno.

Assim, a escolha desses alimentos deve ser precisa.

Conheça agora: Curso Bebê Vitaminado.

Eu espero que este artigo ajude você a aumentar a produção do leite materno.

Com amor.

Andreia Friques.

Fechar Menu