10 benefícios da amamentação para mamãe e bebê

10 benefícios da amamentação para mamãe e bebê

Apesar das extensas campanhas que tratam sobre os benefícios da amamentação, muitas mulheres ainda têm dúvidas sobre a eficácia de alimentar o filho com o próprio leite.

A Organização Mundial da Saúde reforça em campanhas, como a Semana Mundial da Aleitamento Materno, que o leite materno é o melhor alimento para o bebê e orienta a amamentação exclusiva até o sexto mês de vida. Essa recomendação não tem relação com outro fator que não sejam muitos anos de estudos científicos.

Sejam mães de países pobres ou ricos, de qualquer etnia, o leite de cada uma contém os anticorpos necessários para o desenvolvimento do sistema imunológico da nova vida.

Dados da própria OMS mostram que apenas 38% dos bebês são alimentados exclusivamente com o leite do peito. Eu defendo o aleitamento materno como forma de tornar a infância mais saudável e feliz.

Por isso, vou mostrar dez benefícios da amamentação para a mãe e para o bebê.

Benefícios da amamentação para o bebê

  1. O bebê fortalece o seu sistema imunológico, ficando menos vulnerável a doenças e reduzindo as chances de precisar de antibióticos. Ele consome todos os nutrientes e anticorpos necessários para seu desenvolvimento até o sexto mês de vida.
  2. As chances de desenvolver sobrepeso ou transtornos alimentares no futuro diminui.
  3. Alergias, anemia e infecções respiratórias como a asma podem ser prevenidas pela amamentação.
  4. Os riscos da diabetes tipo II passam longe do bebê.
  5. A inteligência é bastante beneficiada. Estudos comprovam que bebês alimentados exclusivamente com leite materno até os seis meses tem até 3 pontos a mais nos testes de QI.

Benefícios da amamentação para a mãe

  1. O leite materno é acessível e prático. Não é preciso comprar nem mesmo aquecer, pois já vem na temperatura ideal para o bebê.
  2. Amamentar reduz a depressão pós-parto.
  3. A amamentação ajuda no controle da natalidade.
  4. Amamentar protege contra o câncer de mama e de ovários.
  5. A mulher que amamenta tem menos chances de desenvolver diabetes tipo II após a gestação.

Leia meu Guia Completo da Amamentação aqui!

A amamentação no mundo

O debate sobre os benefícios da amamentação se faz mais necessário do que nunca nos dias atuais. Às vésperas do Agosto Dourado, o governo norte-americano fez uma tentativa de boicote à resolução da Assembléia Mundial da Saúde, da ONU, de apoio ao aleitamento materno.

Esse posicionamento da ONU diz respeito à regulamentação do marketing das fórmulas utilizadas para alimentar os bebês. Infelizmente, o mercado ainda estimula que as mulheres deixem de lado os percalços passageiros da amamentação ao oferecer as fórmulas como uma solução para a nutrição do bebê.

Por isso, propagandear os benefícios da amamentação é tão importante, em especial nas nações menos desenvolvidas. O leite materno pode salvar vidas! Não sou contra fórmulas, desde que seja utilizada na alimentação conforme a recomendação médica de um especialista e, de preferência, sem substituir totalmente o leite materno.

Espero que você tenha entendido melhor os benefícios da amamentação para a mamãe e para o bebê. Priorize a saúde da sua família.

Aproveite e assista também Estresse e Aleitamento Materno

Até a próxima!

Com amor.

Andreia Friques

Fechar Menu