Dicas para alimentação a partir de 1 ano de idade

Dicas para alimentação a partir de 1 ano de idade

Você tem dúvidas sobre a alimentação a partir de 1 ano de idade? Ao terminar de ler este artigo, você vai entender a importância dessa etapa para a alimentação da criança e saber quais as melhores estratégias para seguir com uma rotina alimentar saudável.

Os pais costumam ficar tão preocupados com a introdução alimentar a partir dos 6 meses de vida e com a questão da amamentação que são pegos de surpresa quando precisam elaborar a alimentação a partir de 1 ano de idade.

Se você está nessa fase e está com essa dificuldade, fique tranquilo. O bebê já conhece muitos alimentos e alguns ainda vai conhecer, seja na maneira como é oferecido ou devido à variedade dele.

O ideal é que nessa idade a criança esteja pronta para comer a comida da família. Mas, será que a família está pronta para dar esse passo?

A família come a comida da criança

Se a sua mesa é repleta de frituras, gorduras e alimentos processados, como convencer o seu filho a aceitar apenas comida de qualidade? Este é o momento ideal para a família fazer uma reflexão sobre os hábitos alimentares que está ensinando à criança.

Assim, se for necessário retirar alguns itens da mesa, não hesite. O consumo de refrigerantes, por exemplo, não é um hábito que deve ser ensinado. De nada adianta colocar apenas água no copo da criança quando ela vê a família toda bebendo algo açucarado.

Lembre-se que a criança aprende mais pelo exemplo do que pelas ordens que ouve. Seja você a maior referência em alimentação saudável para seu filho! Alterações como aumentar a quantidade e variedade de saladas, reduzir o sal da comida e até retirar alguns itens pobres nutricionalmente da mesa vai fazer toda a família mais saudável e, também, auxiliar na alimentação a partir de 1 ano de idade.

Dicas práticas

A alimentação a partir de 1 ano de idade dispensa o preparo especial de alimentos. Como nutricionista, nunca recomendo que os alimentos sejam oferecidos à criança de forma triturada nem mesmo na introdução alimentar.

Quando o bebê já acostumou com as texturas dos alimentos conforme são, é mais fácil oferecer o mesmo alimento misturado a outros. Assim, se você iniciou a introdução alimentar usando liquidificadores e processadores, chegou a hora de eliminá-los.

A meta de manter a criança longe do açúcar deve ser perseguida pelo máximo de tempo possível, de preferência até os 2 anos de idade. O sal pode entrar no prato da criança de maneira bem sutil. É assim que formamos um paladar saudável, ou seja, garantimos que esse bebê vai se alimentar com qualidade por toda a sua vida.

Outra questão importante é que os pais escolhem apenas os itens que o bebê vai consumir, mas nunca a quantidade. Ele vai comer conforme a sua necessidade. Já escrevi sobre o assunto neste artigo. Caso você fique em dúvida sobre a quantidade de comida estar adequada, consulte um nutricionista materno-infantil.

Espero que este artigo ajude você em relação à alimentação a partir de 1 ano de idade.

Com amor.

Andreia Friques

Fechar Menu