Quais alimentos não devem entrar na lancheira da criança?

Tão importante quanto enviar os lanches certos é entender quais alimentos não devem entrar na lancheira.

É muito comum, no cotidiano, ter a sobra de um bolo de aniversário ou uma guloseima que ficou do final de semana. Ou mesmo, existem alimentos que consideramos bons para a criança. Mas, na verdade, não são.

E aí, os pais sentem a tentação de colocar um alimento assim na lancheira dos filhos. Mas, será que é de fato uma boa ideia? Continue até o final do artigo para entender por que não vale a pena enviar alguns tipos de alimentos.

Refrigerantes e sucos

O refrigerante não deve compor a lancheira da criança em hipótese alguma. No entanto, as dúvidas sobre os tipos de sucos são bastante comuns.

Evite aqueles “néctares” e outros sucos industrializados, sejam enlatados ou de caixinha.

Caso queira enviar uma bebida doce, bata a polpa da fruta no liquidificador e envie sem coar. Se possível, use fruta orgânica e não adoce com açúcar. É muito mais saudável.

Leia também: 3 receitas de lanche escolar saudáveis

Guloseimas

Bolos, salgadinhos, biscoitos recheados e afins devem passar longe da lancheira da criança. Sem exceção! Quando teve um prato diferente durante o final de semana em casa, ele não deve ir para a lancheira escolar.

Isso porque a criança precisa estar concentrada. Se a criança consome algum alimento rico em açúcar ou processados enquanto estuda, ela não vai atingir a concentração necessária.

Os níveis de açúcar no sangue atingem um pico e caem vertiginosamente em um processo que chamamos de hipoglicemia.

Ao final disso tudo, a criança sente-se sonolenta e não consegue se concentrar nos estudos.

Empacotados

Nas prateleiras dos mercados, estão cada vez mais comuns os itens empacotados com aspecto de “saudável”. No entanto, nem sempre são, de fato, saudáveis. É importante prestar muita atenção aos ingredientes presentes nos rótulos.

Mesmo aquela batata que parece sequinha e parece não ter diversos aditivos químicos merece investigação. A lista de ingredientes presente na embalagem entrega se o alimento é, de fato, saudável. Quanto mais ingredientes, menos natural.

Dica: os ingredientes com maior concentração no produto estão por ordem de listagem. Ou seja, quanto mais à frente, mais daquele item está presente.

Embora tenham nomes de alimentos saudáveis, nem sempre são. Em muitos casos, estão cheios de ingredientes processados.

Eu espero que este artigo ajude você a entender quais alimentos não devem entrar na lancheira da criança.

Em meu Curso Lancheira Saudável, eu te ensino receitas de lanches adequados para o momento escolar. Você também aprende a embalar direitinho, organizar a sua rotina e entende por que algumas opções devem passar longe da lancheira.

Acesse agora: Curso Lancheira Saudável

Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.