Como melhorar a imunidade da criança pela alimentação?

Melhorar a imunidade da criança pela alimentação deveria ser uma preocupação de todas as famílias.

Isso porque oferecer uma alimentação balanceada pode ser o caminho mais prático para prevenir doenças. Tudo que a criança consome fortalece ou enfraquece o seu sistema imunológico.

Se a alimentação será a vilã ou a aliada da imunidade da criança, vai depender da qualidade dos alimentos oferecidos a ela.

Quer saber quais os alimentos mais importantes para melhorar a imunidade da criança? Continue até o final do artigo para saber tudo.

Leite materno: o melhor alimento

Até o sexto mês de vida, a recomendação médica em geral – e da Organização Mundial da Saúde – é que o bebê seja alimentado exclusivamente com o leite materno. Após esse período, é recomendado que o leite materno continue como um complemento à alimentação até completar dois anos de idade, pelo menos.

E por que? Justo pelos benefícios que oferece à formação da imunidade. O leite materno é o melhor e mais completo alimento para a saúde humana, responsável por suprir todas as necessidades imunológicas do bebê.

Crianças que foram amamentadas contam com um sistema imunológico muito mais forte em sua infância, apresentando menos doenças ou mesmo fazendo que se manifestem com menos intensidade e descarte complicações.

Por isso, falamos tanto da importância dos primeiros mil dias de vida da criança. Saiba mais neste artigo.

Imunidade das crianças maiores

No caso das crianças que já passaram pela fase do aleitamento materno, podem e devem consumir alimentos que contribuam para a construção da sua imunidade.

A presença de prebióticos e probióticos tem muito a somar na hora de formar o sistema imunológico. Podemos incluir as fibras que estão na aveia, na banana e na maçã com casca como fibras prebióticas.

Elas auxiliam o organismo a manter as bactérias de boa qualidade a fortalecer o sistema imunológico, combatendo e prevenindo doenças.

Alimentos probióticos como o kefir de leite, de água e até os iogurtes naturais também são interessantes para manter esse equilíbrio. As crianças que não contam com nenhuma restrição ao consumo da proteína do leite podem consumir esses probióticos derivados a partir do primeiro ano de idade.

A importância das vitaminas

A riqueza e variedade de alimentos que são servidos no prato das crianças também contam com papel fundamental na formação da imunidade infantil.

Criança que só come biscoito e bebe leite, infelizmente, fica muito vulnerável a doenças.

Vale a pena investir em vegetais verde-escuros, frutas e legumes. Também é importante garantir que essa criança fique exposta ao sol com regularidade para que absorva as vitaminas responsáveis por formar essa imunidade.

As vitaminas A, C, D e do complexo B são apenas algumas delas.

Por isso, as crianças precisam de uma alimentação saudável, nutritiva e colorida todos os dias. De preferência, lembre também o seu filho de beber muito líquido para garantir a boa saúde.

Eu espero que este artigo ajude você a entender como melhorar a imunidade da criança pela alimentação.

Para garantir que seu filho vai continuar com a alimentação que favorece seu sistema imune mesmo nas férias, aproveite os bônus exclusivos que coloquei no Curso Lancheira Saudável: os módulos “Lancheira de Férias” e “Receitas Natalinas”.

Acesse agora: Curso Lancheira Saudável.

Até a próxima!

Fechar Menu