Pode dar melatonina ao bebê? Saiba mais sobre o assunto

As perguntas sobre dar melatonina ao bebê estão cada vez mais frequentes nos consultórios de nutrição e pediatria. Em muitos casos, os pais simplesmente usam sem perguntar para nenhum profissional de saúde.

O nutricionista só fica sabendo quando a mãe comenta durante uma consulta sobre o uso da melatonina para o bebê. Será que isso é correto? Continue até o final do artigo para saber.

A popularização da melatonina

A prescrição de melatonina para adultos está cada vez mais comum. Esse fato não é de todo certo ou errado. O que gera confusão, muitas vezes, é a explicação para o uso da melatonina.

Entender que esse hormônio é produzido naturalmente pelo nosso organismo dá a impressão que pode ser usado sem nenhuma orientação. É claro que isso não é verdade.

Basta raciocinar um pouco… Se o hormônio é produzido de forma natural pelo organismo, por que ele está em baixa?

Isso vale para a suplementação em adultos e crianças. A suplementação pode ajudar, no entanto, é preciso estimular a sua produção natural.

Somente um profissional de saúde, diante de exames e do histórico do paciente, consegue indicar a suplementação em sua quantidade e frequência ideais.

Os riscos do uso de melatonina

Não existem estudos que falem sobre os benefícios ou malefícios de usar a melatonina em bebês. Afinal, esta é uma prática ainda muito nova.

No entanto, ao entender como funciona a fisiologia humana, é possível prever por que razões isso não é uma boa ideia.

A melatonina é um hormônio com sua produção regulada pelo ciclo circadiano. Sua produção inicia por volta das 19 horas, quando começa a escurecer. É porque o organismo entende que está na hora de desacelerar suas funções e preparar-se para dormir.

Quando damos ao organismo a melatonina pronta, em vez de estimular a sua produção, provavelmente estamos causando um impacto em sua fisiologia.

Assim, nós mesmos precisamos nos preparar e auxiliar nossos filhos nesse processo. Antes de dormir, não é hora de assistir televisão, muito menos usar tablets e celulares. Esses aparelhos liberam a luz azul, responsável por bloquear a liberação da melatonina.

Vale a pena fazer a higiene do sono e diminuir o ritmo da casa próximo ao horário do sono. Colocar a criança na cama, contar uma história, incentivar uma rotina com rituais para o momento de dormir, pode fazer que o uso de melatonina ou quaisquer outras substâncias seja completamente dispensável.

Na dúvida, converse sempre com o pediatra ou com o nutricionista materno-infantil.

Eu espero que este artigo ajude a esclarecer por que não pode dar melatonina ao bebê sem qualquer prescrição.P

Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.

Com amor,

Andreia Friques