A partir de que idade a criança pode comer açúcar?

Essa pergunta é campeã no meu consultório.

Os pais estão acostumados a ouvir que o bebê não pode ter contato com o açúcar até os dois anos de idade. Essa informação começou a ser propagada e gerou uma segunda confusão para as famílias: a partir de que idade a criança pode comer açúcar?

Vou explicar tudo no artigo de hoje. Continue até o final para entender.

Por que é proibido dar açúcar a menores de 2 anos

Já falamos aqui no blog sobre a importância dos primeiros mil dias de vida para a formação da saúde do bebê. Esse período compreende desde a concepção até ele completar o segundo aniversário.

Os primeiros mil dias de vida representam uma janela de oportunidades para a criança, afinal, nunca mais vai contar com a mesma plasticidade celular tão flexível.

Dessa forma, é muito importante que não tenha contato com o açúcar por esse tempo. Além disso, o contato precoce com essa substância faz que o paladar da criança fique viciado no sabor doce, o que dificulta na aceitação de alimentos saudáveis.

Aqui, portanto, entra a questão da formação da saúde em si e da educação para hábitos saudáveis. O grande problema de proibir o consumo de açúcar até os 2 anos sem dar o contexto é que as famílias não entendem por que devem continuar monitorando o que seus filhos comem após esse período.

O consumo de açúcar na infância

Passados os primeiros mil dias de vida, a criança não está liberada para consumir a quantidade de açúcar que tiver vontade. A festa de 2 anos de idade não deve ser um ritual de passagem para a descoberta dos doces.

Não há radicalismo aqui. Uma vez que o sabor do açúcar é descoberto, manter a alimentação saudável fica mais difícil. A criança ainda não é capaz de fazer suas próprias escolhas em prol da sua saúde. Por isso, esse é o papel dos pais.

A Associação Americana do Coração recomenda que crianças acima de 2 anos pode consumir até 25 gramas de açúcar por dia. Essa dose corresponde apenas à tolerância do açúcar de adição, presente em diversos itens do cotidiano.

É muito fácil atingir e ultrapassar esse limite. Afinal, ao somar o conteúdo de açúcar nos itens como pães, sucos e até barras de cereais, as 25 gramas são superadas rapidamente.

Nos Estados Unidos, a média de consumo de açúcar diário das crianças é de 80 gramas, mais de três vezes maior que o indicado. No Brasil, não existe estudo indicativo. Porém, pelo estilo de vida bastante similar,

É por isso que nenhuma criança jamais deve ser incentivada a consumir açúcar. Quanto mais a família adiar o contato da criança com doces, melhor para a saúde dela. Portanto, se você tinha dúvida sobre a partir de que idade a criança pode comer açúcar, saiba que o melhor caminho é evitar sempre.

Caso o açúcar surja em alguma situação, não proíba, mas dê limites e converse desde cedo sobre a importância da alimentação saudável. Afinal, a comida de verdade é muito gostosa!

Em meu Curso Lancheira Saudável, reuní diversas receitas que dispensam açúcar ou ingredientes processados para serem aprovadas pelas crianças. Conheça agora: Curso Lancheira Saudável.

Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.

Até a próxima!

Fechar Menu