Gravidez e constipação andam juntas? Entenda por que não

Gravidez e constipação andam juntas? Entenda por que não

Gravidez e constipação parecem sempre andar juntas.

Quantas vezes você já ouviu que é normal uma grávida ir ao banheiro poucas vezes por semana? Infelizmente, é comum perceber que é a realidade da maior parte das mulheres enquanto geram seus bebês.

Temos a sensação de que ver grávida constipada é a situação mais normal do mundo. Saiba que isso não é verdade! Ao final deste artigo, você vai entender por que gravidez e constipação costumam andar juntas e quais as consequências negativas disso.

O intestino durante a gestação

O intestino é o responsável pela absorção dos nutrientes do organismo. Quando ele trabalha mais devagar, é sinal de que outros sistemas do corpo também não vão bem. Isso vale para qualquer pessoa.

Mas, na gravidez, os próprios hormônios gravídicos encarregam-se de diminuir o ritmo do intestino. Isso ocorre exatamente para que o organismo absorva melhor os nutrientes. Além disso, conforme a barriga cresce, o fluxo sanguíneo para os membros inferiores fica mais devagar, ocasionando também na constipação.

Quando a mulher já engravida com problemas intestinais, a questão é ainda mais agravada. Por isso, se você planeja ter filhos logo, é recomendável preparar todo o seu corpo para isso. Comece cuidando muito bem do seu intestino.

O que fazer para melhorar?

Toda grávida deve conversar com o seu nutricionista materno-infantil sobre a saúde do seu intestino, mesmo que a sua regularidade das idas ao banheiro estejam normais. Peça orientações para que o intestino continue funcionando muito bem.

As dicas para manter a regularidade intestinal são variadas. A primeira delas é prestar muita atenção à qualidade e à quantidade da sua alimentação. Seu prato deve ser rico em fibras por meio de frutas, verduras e legumes.

Beber água é essencial. Para uma gestante, o ideal é manter a quantidade mínima de 2 litros diários. Mas, varia conforme a necessidade de cada caso.

É preciso ficar atenta a essas questões. Se você sente que o intestino não vai bem, peça para o seu nutricionista considerar a possibilidade de suplementação.

No cotidiano, você pode inserir alimentos probióticos como iogurte natural, kefir e kombucha. Ricos em bactérias responsáveis por povoar o intestino, esses alimentos auxiliam a microbiota a manter o trânsito intestinal regulado.

Lembre-se que, durante a gravidez, você também está formando o organismo do seu filho. Assim, se o seu intestino estiver bem povoado, você ajuda o bebê a construir seu sistema imunológico ainda durante a gravidez.

Eu espero que este artigo ajude você a entender a relação entre gravidez e constipação.

Existem muitas alternativas para a gestante manter a sua regularidade. Mas, jamais deve ficar conformada em passar muitos dias sem usar o banheiro.

Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.

Fechar Menu